Um ciclo em fechamento

Caminhando em passo lento,
sigo a multidão em andamento,
ainda brigando com o entendimento,
onde a realidade me traz tormento

O tempo tão cruel e sonolento,
me apunhalou com esse sentimento
que se fez presente com seu fraco batimento,
assim que deste seu último alento

Se eu pudesse assim, só por um momento
te embalar ao som do vento
congelado na ternura em acalento
e ver-te mais uma vez em movimento,
um sorriso viria em agradecimento,

porém meu peito rasgado e incruento
chora sem primor e sem sustento,
pois a eternidade vestida em paramento
roubou-te sem o meu consentimento.

O adeus me arrebata violento
quando tudo isso chega ao encerramento.
Lágrimas e dor em meu coração ostento,
enquanto pás de terra lhe dão acolhimento.

Pauta para o Bloínquês
É, me arrisquei em mais um poema. Não custa tentar, né?

Compartilhe

Mais sobre o dono dos sorrisos

Autor de sorrisos. Sou aquele que fala sobre o que sente e o que não sente com a mesma veracidade. Há quem diga que sou feito de palavras e quem sou eu para discordar? Ao ler minhas (entre)linhas nosso laço se aperta e assim podemos ser íntimos, de alguma forma. Contatos: rodolpho.padovani@hotmail.com

12 sorrisos compartilhados:

Mahh Ruiz disse...

Adorei o poema, muitas rimas ricas. Beijos!

Beatriz Amorim disse...

Gostei mais da quinta estrofe!
Nunca sabemos sobre as decisões do destino, não é mesmo?

ótimo poema! (:
beijinhos

Amanda Menezes disse...

Indiquei você pra um desafio. :) Espero que goste.

Tati disse...

Arriscou bonito +1

Mais um que eu gostei dessa parte de vc rabiscar poemas...

Beijos

• cynthia bs disse...

Adorei (:
E, por falar nisso, um sorriso é sempre uma ótima forma de agradecimento!

Beijos **

Jaci Macedo disse...

ah, ficou muito bonitinho o poema, eu gostei (:

beijos.

Kamilla Rodrigues disse...

q lindo;
bejos. segue lá, colhendomorangos.blogspot.com

reflexão disse...

É no movimento das palavras que criamos encantamentos.
E na reflexão que se faz o entendimento
Aproximando corações com sentimento
E a felicidade não está em um momento
E nem tem vencimento
E não há constrangimento
Mas sim é eterna, bela e simples!
Para o nosso fortalecimento!

Você chutou e fea o gol
Só falta você comemorar
E ir para a galera!

Projeto Créativité disse...

Hey, colocamos no blog a Coleção Projeto Créativité!
E teu texto está lá!
Este é o selo: http://migre.me/3HAI7

O blogger não deixa eu mandar o código para a imagem virar link, então infelizmente você terá de colocar o tal do código para que a página de download da coleção abra quando a imagem for clicada :/

Se não souber, seria útil dar uma olhada aqui:
http://migre.me/3HBeo

Carolina Elizabeth disse...

Adorei seu blog ! Estou seguindo :)

www.sonhadora-simples.blogspot.com

Bell Souza disse...

eu gosto quando você arrisca.

Francilene Suri disse...

Rs, achei tão doce!!!
Rimas, amo rimas!