Que seja platônico então



Vem comigo saber mais desse amor?
Não




Clique em sim para ver meu sexto texto no Contos Franqueados.

Compartilhe

Mais sobre o dono dos sorrisos

Autor de sorrisos. Sou aquele que fala sobre o que sente e o que não sente com a mesma veracidade. Há quem diga que sou feito de palavras e quem sou eu para discordar? Ao ler minhas (entre)linhas nosso laço se aperta e assim podemos ser íntimos, de alguma forma. Contatos: rodolpho.padovani@hotmail.com

3 sorrisos compartilhados:

Rebeca Rocha disse...

Li o texto lá, mas preferi comentar aqui.
Seus sentimentos são completamente lúcidos e transparentes. Consigo sentí-los em suas palavras.
Parabéns garoto!

Marcos de Sousa disse...

Adorei o texto. E concordo quando você diz que amor platônio é o mais puro que existe.
O texto é simplesmente perfeito.

Stella Rodrigues disse...

Sim! Prometo ter tempo pra voltar aqui sempre no mês de dezembro, arrume o moço do tempo pra me vender um pouco sim?