O amor uniu

♪ (...) Count the days til I can see the side
of you walking toward me dressed in white
All of our friends and our families too
Count the moments til we say "I do"... ♫
Count the days - Ernie Halter

ELE

Não sei por onde começo a contar sobre como me apaixonei por ela. Não sei se foi seu sorriso lindo ou sua voz suave que me atraiu primeiro, não sei se foram seus olhos brilhantes e cheios de vida que prenderam minha atenção, eu apenas sei que no momento em que a vi, senti uma fisgada na barriga e meu coração pulsou de uma maneira diferente. Foi então que eu soube que era ela. A garota com quem eu me casaria.
Pode parecer exagero da minha parte dizer isso, mas só quem sente o que senti, na intensidade que eu senti pode me entender. Foi como se o amor se materializasse diante de mim. Aquele amor que todos falam, cantam, escrevem e sonham. O amor me escolheu.
Eu passei a acreditar em almas gêmeas depois que a conheci, pois vejo a minha alma refletida nos olhos dela, como se suas pupilas guardassem outra parte do meu eu que jamais ficaria completa sem sua existência.
Todo o amor que eu sinto emana pelos meus poros e escorre pela minha essência. O amor se tornou parte do que sou, quem eu sou e quem me tornarei.
Aquele sentimento que parecia tão distante e apenas pertecente aos filmes mais românticos se mostrou real. Com toda certeza eu digo: Sim, o amor existe. Ele é real e ele é o que rege minha vida.

Parado diante da igreja cheia de gente, espero ansiosamente pelo momento que minha vida se tornaria a vida dela.
As portas se abrem e lá vem ela, vestindo aquele sorriso encantador que irradiava felicidade por todos os cantos. O tapete vermelho parecia não ter fim. Dei alguns passos e o pai dela entregou-a a mim.

ELA

É engraçado como as coisas na vida da gente são repletas de surpresas e acontecimentos inesperados. Ele era um rapaz comum, sem nenhum atributo especial, assim como eu era uma garota normal e sem nada que chamasse atenção. Mas tivemos uma conexão. Nossos corações reconheceram a batida um do outro, como um chamado da paixão para que se encontrassem.
Ele é doce, meigo e atencioso, o tipo de homem que toda mulher sonha encontrar. Ele fala coisas doces ao pé do meu ouvido, me beija delicadamente e me dá carinho. Seu toque eriça minha pele e sua presença é a coisa mais importante que eu tenho. Eu sou dele e ele é meu.
Nossas almas se entrelaçaram em um mundo paralelo que permitiu o surgimento desse amor.
Ah, o amor que ele me dá sacia a fome do meu coração, mata a sede do meu desejo e me faz flutuar. O amor que nos escolheu veio puro e singelo.
Quantas vezes eu suspirei ao ler versos e poemas recheados desse sentimento, várias vezes chorei de emoção em livros e filmes carregados de paixão, mas dessa vez não era ficção. O amor foi bordado em minha vida com a linha da paixão e cada ponto cruz distribuído no tecido de meu coração formou o mais lindo desenho, formou a nossa união.

O tempo parece parar, enquanto tudo acontece em câmera lenta.
Entro na igreja e lá está ele, me esperando no altar. Sinto todos os olhares repousarem sobre mim, mas não escuto som algum e mal sinto minhas pernas caminharem. A felicidade tomou conta de mim e eu me seguro para não me entregar as lágrimas de alegria.
Toco sua mão trêmula ao chegar até ele e me preparo para oficializar nossa vida juntos.

ELE e ELA

Sim, eu aceito.
(E as alianças foram colocadas).

ELES

Nosso amor nasceu como a flor em um campo cheio de erva daninhas, imprevisível, mas com a força para germinar e crescer. O amor que brotou em nosso peito, agora maduro, rendeu frutos que colhemos em uma estação farta e próspera.
O nosso amor é a prova viva de que quando duas almas se encontram, dois corações se transformam em um só e apenas o infinito é o limite aproximadamente comparável ao que sentimos um pelo outro.

Texto escrito para uma amiga que casou. Ela pediu, eu escrevi, hehe.

Compartilhe

Mais sobre o dono dos sorrisos

Autor de sorrisos. Sou aquele que fala sobre o que sente e o que não sente com a mesma veracidade. Há quem diga que sou feito de palavras e quem sou eu para discordar? Ao ler minhas (entre)linhas nosso laço se aperta e assim podemos ser íntimos, de alguma forma. Contatos: rodolpho.padovani@hotmail.com

20 sorrisos compartilhados:

Luana disse...

Muito lindo! Todo mundo sonha com isso: encontrar sua alma gêmea.

Cristiano Guerra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristiano Guerra disse...

Rodolpho, pra variar, tá muito bom. Mas eu não sou muito chegado no tema: "Elizabeth, te amarei para sempre!" Vou deixar de comentar esse, e espero ansiosamente pelo próximo ;D

Flor de Lótus disse...

Que texto lindo!Renovou minhas esperanças de que é possível sim encontrar um amor de verdade.
Um texto de pura poesia que pode ser quase tocado por ser um poema de tanto amor...
Beijosss

Juci Barros disse...

É um belo presente de casamento.
Beijos.

Doce Nostalgia disse...

Ah é de matar esse texto teu ...!
lindo!
Me sonho casar .., hahahha!

Beijos moço inteligente!

Charlie B. disse...

Pensei no dia em que isso pode ocorrer comigo, rs.

Charlie B.

O SEGREDO DOS ESCRITORES disse...

olá!
tudo bom???
muito prazer,me chamo Augusto César...
gostei muito do seu blogger. show de bola!
estou lhe seguindo,me siga também???
http://osegredodosescritores.blogspot.com/

Mariana Lopes disse...

Que texto PERFEITOO *-* Quando eu me casar você faz um pra mim também?? HEHE
Tá de parabéns pelo blog, pelos textos, por tudo.

Karla Thayse disse...

Belíssimo!
Sempre me encanto por aqui.
Tenha uma semana de luz!
Beijo

Alexandre Fernandes disse...

Incrivelmente belo Rodolpho!
O amor converge para essa união, esse pacto de criar um elo entre dois sentimentos tão plenos. O matrimônio é uma instituição importante, pelo simples fato de você firmar o amor como o principal guia nessa nova etapa. Um guia que vai sempre estar diante dos dois, como um elemento edificador do casal.

Amor é bonito por isso. Pela forma como podemos firmar nos nossos olhos, juntos, para uma mesma direção.

Texto doce e encantador!

Parabéns aos dois.

Abração meu amigo!
Boa semana!

Nini C . disse...

Caramba, muito bom Rodolpho. Adorei.

Carolyne Mota disse...

Muito bom mesmo! Amo textos que falam dessa união recíproca de dois amantes.
Beijos :*

Emi disse...

Garotoooooo, o que é que eu vou falar desse texto seu?
O mínimo é que foi um dos mais perfeitos que eu já li por aqui. Rodolpho, parabéns! Você é sempre tão singular nos seus posts!
Fã aqui! \o
Beijoos!

Nathalie disse...

Tem um desafio para vc lá no meu blog. :)

Gabriela Furtado disse...

A gente, quase nunca, sabe porque se apaixonou; taí o bom de se apaixonar...
adoooreeei
beijos

Tati disse...

Ah está lindo demais Coruja. Lindissímo mesmo.

"[...]apenas o infinito é o limite aproximadamente comparável ao que sentimos um pelo outro"

Beijos

Lua Nova disse...

Muito bonito e romântico. Sua amiga deve ter se emocionado... afinal, vc descreveu o sonho de todo ser humano: encontrar alguém para amar e ser amado por esse alguém da mesma maneira.
Beijokas.

Thiara Ribeiro disse...

Sem palavras!

Daniella Ockner disse...

AMEI :') Não digo que voce sabe explicar o amor em palavras, mas só porque nao acredito que isso seja possivel ! hhahha Voce escreve como alguém que realmente ja sentiu as coisas numa intensidade tão grande