(In)descrições

Se eu fosse descrever o homem
descreveria como intrigante.

Se eu fosse descrever a vida
descreveria como incomparável.

Se eu fosse descrever a família
descreveria como insubstituível.

Se eu fosse descrever a amizade
descreveria como indispensável.

Se eu fosse descrever o amor
descreveria como indescritível.

Se eu fosse descrever a saudade
descreveria como intolerável.

Se eu fosse descrever a fé
descreveria como inabalável

Se eu fosse descrever o ontem
descreveria como inalterável

Se eu fosse descrever o hoje
descreveria como intransferível

Se eu fosse descrever o destino
descreveria como incerto.

Se eu fosse descrever o tempo
descreveria como incontrolável.

Se eu fosse descrever a felicidade
descreveria como intrínseca.

Se eu fosse descrever a paz
descreveria como imprescindível.

Se eu fosse descrever o fim
descreveria como imprevisível.

Galera, agradeço muito a colaboração de todos que votaram no meu texto do Concurso Cultural do Blog Livros e com muita felicidade anuncio que conquistei o 1º lugar.

Compartilhe

Mais sobre o dono dos sorrisos

Autor de sorrisos. Sou aquele que fala sobre o que sente e o que não sente com a mesma veracidade. Há quem diga que sou feito de palavras e quem sou eu para discordar? Ao ler minhas (entre)linhas nosso laço se aperta e assim podemos ser íntimos, de alguma forma. Contatos: rodolpho.padovani@hotmail.com

15 sorrisos compartilhados:

@juusep disse...

A verdade, todas as palavras dizem o que realmente são no seu poema! Muito bonito!

Thais Cristina, disse...

Wow! Perfeito o texto!
Sem mais palavras. - (in)crível - rs.

missthay.blogspot.com

Viiviih M. disse...

Lindo o texto.
E parabéns pelo 1° lugar,você merece..
Beijoos ;*

Carolyne Mota disse...

Se eu fosse descrever seu texto, descreveria como imprescindível. Rs

Beijo e parabéns pelo 1° lugar, você merece!

Tati disse...

Parabéns pelo 1° lugar.
Esse ta fofinho mas sei lá, não bateu alguma coisa

Letícia ♥' disse...

O texto ficou bom msmo!
1° lugar mais que merecido!

beeijO*
(:

Metamorfoses disse...

Meus parabéns!!Vc merece, tanta dedicação e sensibilidade com as palavras devem ser valorizadas...bjs!

adolescent subjects' disse...

Parabens, Rodolpho *---*
voce mereece (:

Stella Rodrigues disse...

Que lindo *----------------*

e até parece que você tinha alguma duvida que ia ganhar :P beijos

Thiara Ribeiro disse...

Eu tbm descreveria exatamente assim!
Parabéns Rodolpho!

;*

Jaci Macedo disse...

Adorei, ficou incrível mesmo. E parabéns, você merece (: beijos, coração.

Doce Nostalgia disse...

Uhum...mereceu meeeeeesmo!!!!
Lindo texto e jogo de palavras! *-*

Beijos enormes!

disse...

Se eu fosse descrever sensibilidade, descreveria como algo pelo menos próximo das coisas que você escreve!
(Só não concordo com a do amor, eu colocaria um 'você' bem direcionado na descrição... E eu espero muito que esse 'você' não leia que escrevi isso, o ego dele infla muito rápido!)

Vou ler os posts antigos, claro! =]

beeijo

Emi disse...

Mais do que merecido, Rodolpho!!! Fico muito, muito, muito feliz por você! Sua escrita realmente é ÚNICA!
E esse poema, então? Simplesmente arrasou!
Gostei da definição de cada elemento, bastante precisa e real!
Adorei!
Beijos, querido!
Fica com Deus e parabéns outra vez!

Rebeca Amaral disse...

se eu fosse descrever você
descreveria como genial!

parabéns, Rodi!

muito merecido!