Escolha errada

A adrenalina do momento me deixava agitado, meus três colegas ao lado pareciam calmos, mas é claro, eles eram mais experientes que eu, afinal, era minha primeira vez. Sempre vi isso em filmes e mesmo que tenha parecido difícil, não parecia impossível.
Nossos equipamentos eram checados a cada curto espaço de tempo. A hora se aproximava. A noite nos escondia, as sombras nos davam cobertura. Ninguém vai ver, eu dizia a mim mesmo.
Um aceno daquele que nos liderava me fez mover de lugar, seguimos em linha reta até chegarmos ao nosso objetivo.
- Talvez não seja o momento, é melhor repensar - um dos meus companheiros disse.
- Calado - o líder respondeu rispidamente - Nós vamos fazer isso e vai ser agora.
Senti meu sangue gelar e minha respiração ficar mais ofegante. Algo diz pra eu ir embora. Foi um erro achar que eu poderia fazer parte disso, mas já era tarde. O plano começara a ser posto em prática.
Rápida e sorrateiramente um a um entrou no local silencioso. O som de passos cortou o ar e meu coração explodiu em batimentos que eu jurava que nos denunciariam. Vi de longe um feixe de luz que flutuava de um lado para o outro. Isso já era de se esperar.
Vi nosso líder tirar um objeto da mochila. Sufoquei meu grito de "não", ele não poderia fazer isso. Aquilo não estava no plano.
- Faremos o que for preciso para conseguir o que queremos - ele havia dito, mas eu não imaginei que fosse chegar a tanto.
Ele caminhou para longe, como um gato no escuro, com movimentos meticulosos e ágeis. Um golpe rápido e um disparo abafado derrubou o outro no chão.
Agora eu tenho certeza de que algo me dizia para ir embora. Como me deixei seduzir por aquilo? Como fui estúpido a ponto de aceitar aquela proposta?
Eu não era um ladrão de bancos, mas eu acabara de me tornar cúmplice de um crime.

Pauta para Bloínquês - Tema: "Algo diz pra eu ir embora" e "Talvez não seja o momento, é melhor repensar"
________________________________________________

Dia 15 - Uma música que você ouve quando você está feliz
OK, It's Alright With Me - Eric Hutchinson

Clique na música para ver o vídeo

Compartilhe

Mais sobre o dono dos sorrisos

Autor de sorrisos. Sou aquele que fala sobre o que sente e o que não sente com a mesma veracidade. Há quem diga que sou feito de palavras e quem sou eu para discordar? Ao ler minhas (entre)linhas nosso laço se aperta e assim podemos ser íntimos, de alguma forma. Contatos: rodolpho.padovani@hotmail.com

16 sorrisos compartilhados:

Amanda Lisbôa disse...

*Adrenalina*

Esse texto me fez parar e refletir... para o quanto as pessoas tomam decisões sem pensar.. sem ponderar o lado bom e ruim, e no fim já não sabem o motivo daquela decisão.. e o que resta?! apenas a reação à tudo que foi feito!

Mtooooo bomm!!!

Tati disse...

Como conseguiu me dizer que não está tão bom? Ah sim, já compreendi... Era um faz de conta pra eu não pensar que você já estava convencido do quanto é bom os seus contos.
rs
Bom garoto. Está bem escrito. As imagens são boas, algumas não muito fáceis, mas em suma, são boas. Gostei muito e sinceramente, eu acho que se você não tivesse colocado o ultimo trecho ' eu não sou...' Você poderia ter feito um conto mais longo, com vários capítulos e afins.

Gostei mesmo.

Grande Beijo.

..::*::.. Palavra de Guria ..::*::.. disse...

Não consegui parar de ler até saber o final.
Muito bom o seu conto, de verdade.
Beijos

@juusep disse...

você me surpreende!

adolescent subjects' disse...

KKKKK, em varios momentos pensei em varias coisas.
menos em no final ser um cúmplice de um crime. rs :$

abraco.

Babi disse...

me senti no CSI, mas ao contrario! hahahahahaha
cometemos erros estupidos por coisas que nem vale a pena.
seu texto me fez refletir sobre inumeras coisas que venho passando.
parabens, vc realmente tem talento!

Pires Silva disse...

AAAH muuuti criatiivo *--* adorei mesmo, ja sei que vai me ganhar, mas claro, vai ser realmente merecido. Sempre sua fã, você sabe bem. adorei o suspense

Jaqueline Jesus disse...

adoooro textos assim, que ficam nesse suspense e só descobrimos as coisas no final *-*
muito boom!!

to participando tb, sorte pra nós o/
beijoos

Projeto Sílaba Tônica disse...

Já saiu o resultado da 1º edição do Projeto Sílaba Tônica! Confira o resultado na comunidade. Agradecemos o apoio e a participação.

Gessy disse...

E são essas escolhas, as erradas, que mais pesam em nossas vidas.
Texto criativo. Muito bom, mesmo.
Confesso que eu também pensei em várias coisas, rs
Boa sorte no projeto.

Beijos.

Ariela disse...

Há coisas que lemos que nenhuma frase pode ser acrescentada ou usada para explicar o que sentimos ao ler.

Inexplicavelmente bem escrito.

Vanessa Monique disse...

Seu criminoso...aushauhsu
só se for de palavras.
Textos muito bem escritos,gostei mt daki.
HA vai lá no meu blog q tem selinho pra vc!
Tentei pôr o código aki,mas o blogspot não lê,qualquer coisa só me pedir q te passo o código de outra forma.
Espero sua visita.
//fluem.blogspot.com

Vanessa Monique

maiara diniz. disse...

Adoro seus contos *--*
Realmente em alguns momentos precisamos repensar.
Beijossss :*

Mandy disse...

Pensei em várias coisas tambem, mas quando tava se aproximando do final eu imaginei que seria mesmo um assalto. :) Adorei viu. Você tem esse dom de deixar todo mundo muito preso até o final do texto. Parabéns viu, tá muito legal.
Beijão
Mandy

Aninha disse...

Esse post me fez relembrar de loucuras que realmente fiz e outras que fiz só em pensamento...em sonhos...
como assaltar um banco por exemplo...
Rs
Não contem a ninguém... ehehe

É normal, não é? :/
Todos já fizeram coisas estranhas na vida...
???

abraço... e parabéns pelo blog!

Convidado a fazer uma visita ao meu blog tbm!!!

Aninha disse...

http://almadeaninha.blogspot.com/