Teu beijo

♫ (...) I said you are the reason
For everything that I do
I'd be lost, so lost without you...
Better man - James Morrison

Estávamos no mesmo banco da mesma praça onde um ano antes havíamos dado nosso primeiro beijo.
- Você lembra de como tudo começou? - eu perguntei a ela, que estava sentada apoiada em mim.
- Eu jamais vou esquecer - ela disse.
A praça estava cheia de gente, pouco antes do anoitecer, o céu limpo e alaranjado do crepúsculo dava tons mais amenos às coisas ao redor. Ela desfilava naquele vestido florido e cheio de vida, os cabelos balançando ao vento. Eu a observava de longe, meu coração quase rasgando meu peito e se atirando nas mãos dela para dizer "eu sou seu". Enquanto eu a olhava, até me esquecia de respirar.
Era ela. A garota dos meus sonhos, aquela que era feita para mim. Minha outra metade.
Nosso olhar se cruzou em meio a multidão, senti um sobressalto ao perceber que ela me olhava, tentei disfarçar desastrosamente e esbarrei nas pessoas que vinham na direção oposta, quando a olhei novamente, ela ria. Um riso perfeito, a mão na boca cobrindo o sorriso pelo qual eu também me apaixonaria mais tarde. Sorri em resposta e me senti atraído até ela. Caminhei vagarosamente em sua direção, com receio de ser mal recebido ou com medo de ela se virar e sair, mas nada disso aconteceu. Ela ficou, me esperou. Exibindo aquele sorriso inebriante que me deixava sem ar.
Tudo começou com um simples "oi". Passamos horas sentados no banco da praça, jogando conversa fora e nos conhecendo. Era íncrivel nossa sintonia e conexão. Era como se nos conhêcessemos há muito tempo. Eu completava frases dela e vice-versa. O sorriso dela completava o meu. Os olhos delas brilhavam, como se refletissem as estrelas, enquanto sorria e conversava. Sua voz me fazia esquecer o mundo, as pessoas ao redor. Éramos apenas nós dois. Quando o beijo aconteceu foi algo tão natural que nenhum de nós ficou constrangido. Ela apenas sorriu e passou a mão no cabelo. Eu ajeitei uma mecha solta atrás de sua orelha e nos beijamos de novo. Naquele momento soubemos que éramos feitos um para o outro.
O beijo doce dela me resgatou da lembrança.
- Tá pensando em quê? - ela perguntou com aqueles olhos encantadores fixos nos meus. Eu sorri, apanhei um pedaço de papel no bolso e a entreguei.
- Nisso - respondi.
Ela desdobrou e leu em voz alta. Sua voz soando como uma melodia celestial.

"Meu amor por você é a soma das verdades que eu te digo,
é a força do bater de meu coração que se encontra em suas mãos,
é a luz branda que o sol irradia, é a inspiração de um poeta,
é a beleza das águas mansas do oceano,
é a pureza do canto dos pássaros nas árvores.
Nosso amor é a fonte do meu viver, é o alimento da minha alma.
Nosso amor é como a água pura e cristalina.
Nosso amor é como o vento, não posso ver mas posso sentir
O seu amor é como as gotas da chuva que o céu derrama sobre mim,
é a paz de meu espírito, é a matéria-prima da minha felicidade.
Nosso amor vence a barreira do tempo, altera o poder das horas.
E é por isso que eu digo..."

Ela olhou para mim com os olhos marejados, se perguntando o final da frase.
- A eternidade passa em um segundo quando estou ao seu lado. - eu completei.
Os lábios dela se abriram em mais um sorriso apaixonante, enquanto uma fina lágrima se desprendia de seu olhar e ela me beijou.
Eu e ela naquela praça. Aquilo era tudo o que eu precisava.
Olhei para ela mais uma vez, relendo as breves linhas e tive ainda mais certeza de que eu havia encontrado a minha felicidade. O meu amor.
Outro beijo. E isso me basta para saber que estou vivo.

Pauta para Bloínquês - Tema: Nosso amor é como o vento, não posso ver mas posso sentir

Compartilhe

Mais sobre o dono dos sorrisos

Autor de sorrisos. Sou aquele que fala sobre o que sente e o que não sente com a mesma veracidade. Há quem diga que sou feito de palavras e quem sou eu para discordar? Ao ler minhas (entre)linhas nosso laço se aperta e assim podemos ser íntimos, de alguma forma. Contatos: rodolpho.padovani@hotmail.com

20 sorrisos compartilhados:

Amanda Lisbôa disse...

"...E isso me basta para saber que estou vivo..."

Acrescentar algo à essa frase... seria uma injúriaa a tudo o que foi escrito...

.... simplesmente... o mais perfeito!

Flávia disse...

Ah, não... Esse me deixou sem saber o que dizer!
Concordo com o que a Amanda disse!

Ficou maravilhoso bebê!
E vc já até sabe qual foi a minha reação! :)

Vai ganhar outro selo! ;)

Beeijoos! S2

Estefani disse...

Ai...Ai..Ai... Senti borboletinhas perambulando aqui bem dentro de mim... que texto mais lindooo!!!

Adorei =)

Beijo mocinho adoro sua presença lá em casa viu?

Grafite disse...

ahhh o amor...adorei o post!
lindo...

beiijo

raaw disse...

você escreve apaixonantemente!

"A eternidade passa em um segundo quando estou ao seu lado." isso foi perfeito meu *-*

estou te seguindo, grandebeijo querido :*

Gabriela F. disse...

nooossa, que lindo *-*
ameeeeeei
:*

Anne Boleyn disse...

ooooooow! *-* que lindo!
atiçou o meu lado romântico pra caramba :X
UAHSUAHIHIUAHSUIAHSUIAHSUIAHSIUA
amei! perfeito!

beijos :* ♥

Ariela disse...

Sem absolutamente nada a declarar sobre o texto.

Parabéns!seu blog é realmente muito bom.

Milla disse...

Que lindo! Deu até uma vontade de ter um amor assim..Bom sei que mais cedo ou mais tarde cada um de nós vai encontrar o que precisamos para nos completar, mas até lá é um caminho muito demorado às vezes... boa sorte com o texto :)

beijos

Luiza disse...

""A eternidade passa em um segundo quando estou ao seu lado."
E tudo torna-se tão pleno quando estamos juntos. Ai que saudade que sinto de amar assim!

Gabriela disse...

Só posso dizer que agora tem mais um sorriso compartilhado: o meu ao ler seu texto! :)
Belíssimo, parabéns!

Chris disse...

Juro que agora eu queria ser a personagem desta história.
Muito, muito, muito lindo!

Emi disse...

Muito, muuuuito bonito!
Torço para que você ganhe com esse texto!
Obrigada pelo comentário e pelo selo, querido!
Fiquei muito feliz!*--------*
Beijoos!

Doce Nostalgia disse...

Palavra de um apaixonado! *-*
Sempre belas e tocantes!

O que o amor não faz? não renova?

Lindo, senti até um beliscãozinho no estomago!
É tão bom amar!

Mil beijos!

Amanda Cabral disse...

Selo pra você lá no blog, beijo :*

Dryka Sales disse...

liiiiiiindo *-*

Jaci Macedo disse...

Tem um selinho pra você no meu blog. Beijos.

Daniela Filipini disse...

Nossa, você escreve muito bem *-*
Adorei aqui!

C. disse...

Que texto maravilhoso é esse? Nossa, amei demais. Demais, demais, demais!
Tua forma de escrever é linda, sabia? Você descreve tudo tão bem, e isso me fez viver toda a história na minha cabeça. Sem contar que o que você falou foi tão... Tão apaixonante!
Eu ia pegar um trecho para colocar no comentário. Mas foram tantos que eu gostei que não teria espaço aqui.
Parabéns de novo pela escrita, é simplismente perfeita, de verdade :D

Rafael disse...

entrei na história..vivi essa tarde juntamente com o personagem..mto bonita narração..descrita com recursos criativos e, pq n, sublimes..
Rafael Duarte
abraço