Keblinger

Keblinger

Amor em cores

| segunda-feira, 16 de agosto de 2010
Antes dela meus quadros estavam destinados a se tornarem assento de poeira, mas ela acreditou em mim, confiou no meu trabalho e me cedeu sua galeria para que eu fizesse exposições. Assim fui me tornando conhecido e as minhas obras começaram a ganhar admiradores.
Minha inspiração geralmente aparecia junto com a noite que começava, o lusco-fusco borrado no horizonte me dava tom enquanto o pincel em meus dedos deslizava pela tela em busca de formas e cores. Naquela noite deixei meus dedos mergulharem na aquarela e pus-me a conceber a minha obra-prima.
A obra-prima de um artista é aquela que a alma cospe e o coração desenha. Comecei com simples contornos, quase um esboço do que aquilo que se tornaria, fui buscando mais cores, tons e sombras. Fui buscando a obra perfeita.
As cores sussurravam técnicas, o pincel inventava estilos, a tela sorvia a tênue névoa de inspiração e paixão que emanavam de mim, camada após camada.
Diante dos meus olhos, transmiti ao espaço em branco o que meu ser pedia, pincelei nas tonalidades exatas da batida de meu coração, colori a tela, preenchi o vazio e dei forma ao pensamento. Senti que as horas não passaram naquele meu momento de projeção, depois dos retoques e do acabamento, já de madrugada, ela me olhava, a obra me encarava como se sorrisse para seu criador.

Um dia antes da exposição, chamei a dona da galeria e a guiei a um quadro coberto por um tecido branco.
- Eu nunca fiz nada disso! - avisei ela de antemão - Mas o que estou prestes a te mostrar vai ser o destaque.
Ela olhava ansiosa para o quadro e eu o revelei. Revelei minha obra-prima.
Os olhos dela brilharam ao ver o quadro e sua boca se abriu sem palavras.
- Um compositor te escreveria a canção mais bonita, um poeta te faria versos doces, um cantor te cantaria a mais linda serenata, como eu não sou nada disso, eu apenas te pintei na minha mais bela obra.
Ela se aproximou da tela, o sorriso incontido desenhado no rosto, aquele sorriso que ninguém seria capaz de capturar em quadro nenhum e passou a mão pelos contornos suaves da pintura, vendo seu próprio retrato estampado. O contraste do real divino com a mera obra da mão de um homem.
- Está linda, eu nem sei o que dizer.
- Só diga que aceita sair comigo qualquer dia desses - respondi sorrindo e ela abaixou a cabeça corada.
- Esse foi o convite mais irrecusável que eu já recebi, não tem como dizer não.

E foi assim que tudo começou, um amor pintado na história de nossa vida, coloriu nossos dias futuros com a tinta da paixão e me trouxe inspiração para as manhãs borradas de sol.
Eu e ela, a simetria perfeita tingida em cada matiz de cor, a minha verdadeira obra de arte.
Pauta para OUAT - 57ª Edição - Livro e Música

19 sorrisos compartilhados:

{ - maria elis } at: 16 de agosto de 2010 09:10 disse...

às vezes, tudo que precisamos de um alguém pra confiar na gente (:

beijas, moço :*

{ Viiviih M. } at: 16 de agosto de 2010 10:36 disse...

"A obra-prima de um artista é aquela que a alma cospe e o coração desenha."
Muito lindo,
Beijinhoos ;*

{ Nini C . } at: 16 de agosto de 2010 11:42 disse...

que lindo, uma obra prima ;)
beijos...

{ Stella Rodrigues } at: 16 de agosto de 2010 12:04 disse...

um convite desses e realmente irrecusavel

{ Henrique Nogs } at: 16 de agosto de 2010 13:45 disse...

Cara, já faz um tempo que eu não passo aqui, e vi o tanto que eu perdi. Parabéns pela escrita e pelo blog.
Seus textos são ótimos cara.
Abraço.

{ Danny } at: 16 de agosto de 2010 16:44 disse...

Ah se eu pudesse pintar todos os dias da minha vida... E mostrar a todos aqueles que amo, e criar convites irrecusáveis...

BEijo na ALma

>>>DAni

{ Luria Corrêa , Martins . } at: 16 de agosto de 2010 18:55 disse...

ah que lindo rod. uma verdadeira arte. Nada mais romântico do que uma pintura inspirada por uma paixão concerteza *-*

bejs :)

{ *Amanda* } at: 16 de agosto de 2010 19:54 disse...

convite irrecusávelll!!!!! páraaa tudoo... isso é que é homem! rsrsrsrsrsrsrsrs.... eh... e isso é que é amor! nas coisas mais simples!!!

pra quê riqueza neh?! rsrsrsrsrsrs


bjs para o meu grande amigo... E S C R I T O R!*

{ Natália } at: 16 de agosto de 2010 20:57 disse...

o amor é lindo mesmo :D bj

{ Rebeca Amaral } at: 16 de agosto de 2010 21:33 disse...

é o bom e velho se joga nesse amor, benhê!

ah, mais que texto fofo!

adorei!!

beijos e queijos!

{ Deise Lima } at: 16 de agosto de 2010 21:52 disse...

Texto lindo e impossível de piscar durante a leitura e com a música tocando então melhor ainda. me vi nessa exposição admirando o amor^^

{ Milla } at: 16 de agosto de 2010 22:13 disse...

Adorei o texto, acho que às vezes nós devemos confiar no que o amor pode nos dar..Mesmo que nem sempre isso seja bom, nós temos que receber aquilo e aceitar as consequências de nossas escolhas.

beijos

{ Denise Portes } at: 17 de agosto de 2010 07:13 disse...

Gostei muito daqui e já te sigo. Vai visitar meu blog: www.odeliriodabruxa.blogspot.com
Beijo
Denise

{ Flávia } at: 17 de agosto de 2010 14:56 disse...

Esse ficou PERFEITO! Até eu fiquei com a boca aberta!
Convite suuuper irrecusável! Que jeito recusar né? rsrs!

Muuito lindas as palavras, seu vocabulário me fascina... huahauhauha!
É, esse(como diz a Amanda) vai pra lista dos melhores.... E é graande a lista! =P

Enfim, ameei!!
Beeijoo! =*

{ Ariela } at: 17 de agosto de 2010 16:04 disse...

Nada como a arte da forma mais pura. A melhor (se não única) forma de conseguirmos expressar verdadeiramente nossos sentimentos.
Sendo sincera, toda vez que venho aqui me surpreendendo com as suas palavras.

{ Gabriela Furtado } at: 17 de agosto de 2010 18:45 disse...

sõ desejo uma coisa a esses dois que imaginei com perfeição pelas tuas belas palavras: que seja sempre colorido assim, esse amor!
muito bom, como sempre...
beijos

{ Lury Sampaio } at: 17 de agosto de 2010 23:14 disse...

E você sempre com seus contos belíssimos *-*
Queria tanto saber desenhar, acho a coisa mais bela.
beijos.

{ Maryele } at: 18 de agosto de 2010 16:37 disse...

Adorei seu texto como sempre huahuaha
Demorei um pouco para vim aqui...
Beiijooos

{ Thiara Ribeiro } at: 25 de agosto de 2010 22:13 disse...

Realmente uma obra prima! *-* Perfeitooo!

;*

 

Copyright © 2010 A arte de um sorriso