Keblinger

Keblinger

Carta ao Amor

| terça-feira, 13 de julho de 2010
Remetente
Coração ferido
Rua do Desespero
Prédio da Saudade, Andar da Solidão nº1

Caro Sr. Amor

Lhe mando esta carta para dizer que muitas vezes acreditei em ti, me entreguei totalmente aberto e pude senti-lo vibrando dentro de mim. Aos dias que o tive, tudo se tornou mais claro, harmonioso e feliz. Eu batia por pura felicidade, te bombeando por todas as artérias do corpo que te sentiam e se alimentavam de tua essência. Quando te tive por perto, eu me sentia aquecido e motivado. Eu que sempre fora um frágil coração, descontente e vazio, finalmente me encontrei em ti. Eu pulsava freneticamente a cada toque, beijo, abraço, ao som da voz... eu era o coração mais radiante e pulsante do mundo. É, Amor, você me contagiou de uma maneira que eu nunca imaginei ser possível. Pude experimentar das sensações mais sutis ao ápice do seu poder. Fiz loucuras e a maior de todas elas foi me doar por completo. Eu me tornei seu domínio, o lugar que desbravaste e fizeste um reinado. Fincaste tua bandeira sobre mim. Proclamou-se meu dono.
E tudo estava muito bom para mim, eu me rendi aos seus encantos sem muita relutância, me deleitei em seu fervor, mas sem sinal tu me abandonaste, Amor. Destruiu o castelo que havia feito em mim, arrancou as marcas que deixaste e as feridas sangraram e meu sólo se fez seco outra vez. Por que foi assim, Amor? Por que me consumiste por completo para mais tarde me arrancar de mim? Por que levaste minha vida embora com sua partida sorrateira e dolorosa? Tens ideia das cicatrizes horrendas que me deixaste? Tens ideia de que já não confio mais em ti e se me for oferecido outra vez eu relutarei por insegurança? Meu pulsar enfraqueceu, apenas bombeio lágrimas aos olhos que as derramam numa cascata de tristeza e dor.
Por que fugiste de mim, Amor? Meu terreno não é fértil o suficiente? Meus defeitos são demais para ti? Sabe, Amor, cansei de me questionar os motivos que te levaram a partir e sumir da minha vida, eu realmente espero que receba essa carta, assim como inúmeras que chegam até você, talvez pela mesma razão e não se incomode em responder, pois eu sei que virá me visitar novamente, vestindo um novo olhar, pintado com um novo sorriso e cantado por outra voz... eu sei que resistirei para não sofrer mais uma vez, mas também sei que me conquistará e me deixarei seduzir pelo novo você.
Só tenho um pedido, caro Amor, quando me procurar tenha certeza de que eu sou o coração certo, não me faça sangrar de novo. Caso não saiba, as transfusões de doses sintéticas de você são fáceis de encontrar, mas não se equivalem a força que só sua proteína pode oferecer.
Então eu aguardo com ânsia e receio a sua nova chegada. Me faça acreditar em ti outra vez.

Sinceramente,
(mais) um Coração Partido

Destinatário
Amor
Avenida dos Sentimentos, próximo à Praça dos Sorrisos
Casa da Paixão nº2

Pessoal, o texto é fictício, tá? Meu coração tá bem, haha

22 sorrisos compartilhados:

{ Jaqueline Jesus } at: 13 de julho de 2010 16:18 disse...

Aah que carta linda :D
é exatamente o que todo coração ferido sente.

"Só tenho um pedido, caro Amor, quando me procurar tenha certeza de que eu sou o coração certo, não me faça sangrar de novo."
AMEI MUITO ESSA FRASE *-*
posso pôr no meu tumblr? te dou os devidos créditos é óbvio. :D

{ Carolina Hermanas } at: 13 de julho de 2010 16:50 disse...

Nossa, que lindo :)
Mas sabe, o amor sempre volta.E quando volta, é tãao bom deixar as nuvens fazerem partes dos nossos novos sonhos. Eu pelo menos adoro :)
-

Você escreve MUITO bem *_______*. Ameeei teu blog!
Beeijinhos.

{ Déborah Simões } at: 13 de julho de 2010 17:33 disse...

Tão bom ler textos de amor escritos por homens...
Faz a gente suspirar... :D
BJok

{ Tati } at: 13 de julho de 2010 17:59 disse...

Meu Deus!

Que carta é essa?

Foi impossível não rir... Mesmo que pareça trágico é assim mesmo que acontece na vida da maior parte das pesoas...


'meu coração tá bem'


ouwnnnnn que LINDO.


Beijos Moço, belissimo escrito.Amei.

{ Renata } at: 13 de julho de 2010 19:04 disse...

Somos vizinhos e não sabiamos! Sou dona da casa nº3 (:

Quando vi o título fiquei muito curiosa para saber como seria uma carta que tem como remetente o amor, e fiquei maravilha!eu com certeza, não poderia ter feito melhor.

Me fez suspirar, e a futura-dona do teu coração suspirará muito mais com coisas tão belas.

{ Thais Cristina, } at: 13 de julho de 2010 19:40 disse...

[aaaaa] muito lindo (e triste), chorei aqui.
E antes de tudo devo confessar que leio seu blog há muito tempo, mas essa é a primeira vez que comento pois, você sempre me deixa sem palavras. Mas, de que vale minha opinião se eu não a expresso? Então pode contar comigo como leitora e "comentadora" assídua e compulsiva do seu blog. rs

Beijos.
Amo muito o jeito como faz as palavras soaem como uma canção aos meus ouvidos.

{ *Amanda* } at: 13 de julho de 2010 20:52 disse...

talvez pela mesma razão e não se incomode em responder!

gostei dessa parte... não sei pq! rsrsrsrsrsrsrs...

{ Thiara Ribeiro } at: 13 de julho de 2010 23:02 disse...

Rodolpho...vc sempre me emociona com seus testos incriveis!
Sempre tão belos...sempre emocionantes!
Texto para milhares de leitores! ;)

bjos!

{ Lury Sampaio } at: 14 de julho de 2010 00:58 disse...

Acho tão lindo como és profundo nas palavras.
E o amor sempre volta e sempre o coração deixa ele entrar, pois eu acho que é melhor sangrar do que não tê-lo.
beijos.

{ Flávia } at: 14 de julho de 2010 02:11 disse...

ah, que textinho mais lindo.
Como disse a Tati, não teve como não rir... Mas, foi triste ao mesmo tempo!
Graande parte dos corações passa por isso! =/
Mas, o amor sempre nos ganha outra vez... E não importa quantas vezes o nosso coração vá sangrar!!! Thaat's it.


Seu coração tá bem? haha! Ouun!
Claro que tá, eu tô cuidando mto bem dele! ;)
Beeijos doces! S2

{ Mali Melo } at: 14 de julho de 2010 14:38 disse...

affffffffff, perfeito, perfeito, perfeito. Como todos os teus textos, poxa :(

Ai, nem sei se tenho como comentar o texto. Você disse tudo, poxxxxx.
bj bj :*

{ Felipe } at: 14 de julho de 2010 17:48 disse...

PERFEITO CARA!
Realmente um texto maravilhoso, muito bonito.
Quem derá se a gente sempre pudesse mandar um carta assim.

Cara, fiquei impressionado. Parabéeens!

{ Felipe } at: 14 de julho de 2010 17:50 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
{ Gabi Rodrigues ~* } at: 14 de julho de 2010 19:16 disse...

Rodolpho,a Ingrid do Encanto Cinderela foi plagiada, vamos dar uma força pra nossa amiga blogueira mandando nossa mensagem no blog porcaria da plagiadora?

http://diuliaraujo.blogspot.com/2010/07/palavras-jogadas-fora.html#comments

Deixe seu aviso, lembre-se que poderia ser com vc.
bjo;**

{ Doce Nostalgia } at: 15 de julho de 2010 00:49 disse...

CARACA!
Que carta linda, sabe eu adoro esses teus textos apaixonados, você bom nisso. Rs

Obrigada pelo selinho, vou postar logo, logo
falta de tempo é porre...=/

Mesmo assim obrigada, beijos e se cuida moço!

{ Brunno Lopez } at: 15 de julho de 2010 01:39 disse...

Com certeza ele lerá sua carta.
A maioria não tem tantos detalhes, não é tão rebuscada.

Certamente que a cura existirá através das suas letras.

{ Letícia ♥' } at: 15 de julho de 2010 10:53 disse...

Gostei..
(:

{ Grafite } at: 15 de julho de 2010 15:26 disse...

que carta mais bem feita!
adorei...

Parabéns!

beiijo...

{ daniella } at: 15 de julho de 2010 16:22 disse...

é , voltar acreditar no amor não é facil D: mas que bom que seu coração tá bem, HAHAHA
MUITO criativo, amei demais! (: to seguindo

{ Mandy } at: 15 de julho de 2010 21:44 disse...

Caramba, vc é demais! Sério mesmo. Essa carta é uma das mais lindas que eu já li. Sério. Uma mistura completa de sentimentos... Enfim, parabéns mesmo. E, por favor, não se canse de saber disso, mas eu sou mesmo tua fã. :)
Beijoos
Mandy

{ Stella Rodrigues } at: 16 de julho de 2010 08:56 disse...

Caso não saiba, as transfusões de doses sintéticas de você são fáceis de encontrar, mas não se equivalem a força que só sua proteína pode oferecer. *-*

{ Stella Rodrigues } at: 16 de julho de 2010 08:57 disse...

Acho que nem todos os amantes de coração partido pensam dessa maneira, acho que a maioria ficaria um bom tempo sem pensar no amor, quem dera todo mundo fosse assim PERFEITO

 

Copyright © 2010 A arte de um sorriso