Keblinger

Keblinger

Longe de ti

| sexta-feira, 25 de junho de 2010
♫ (...) I'm here without you baby
But you're still with me in my dreams
And tonight, it's only you and me... ♪
Here without you - 3 Doors Down
ELE

Já não sei mais passar meus dias sem te ter por perto, te possuo em pensamento, te vejo de olhos fechados e sinto seu toque com o toque do vento. Meu eu não existe mais sem você. Já não sou mais singular, te quero. Quero viver no plural. Por mais que eu diga, por mais que eu tente, essa distância que nos separa parece crescer cada vez mais, a cada dia que passa sinto o peso da saudade me corroendo por dentro. Eu só quero te ter em meus braços outra vez, te sentir junto a mim e me perder nas horas ao seu lado. Me agarrar ao momento presente. A distância, nossa maior inimiga, parece rir de nossa dor e se estender a uma medida insuportável... mas insuportável mesmo é querer te abraçar e ver meus braços vazios, é querer te beijar e sentir o nada alisando meus lábios, é querer te tocar e fechar o ar em minhas mãos, é querer te ver e não poder. A única esperança para a noite solitária que chega, é de mergulhar em sonhos recheados de você e contar mais uma dia que passou e menos um que me afasta da sua presença. Preciso te ter aqui, meu riso perde a graça sem você por perto.

♪ (...) When I'm with you
I'll make every second count
'Cause I miss you, whenever you're not around... ♫
When I'm with you - Faber Drive

ELA

Vivo no pior castigo que poderia haver, que é viver longe de ti. Me sinto presa na prisão claustrofóbica da sua ausência. Meus pensamentos só buscam você, minha boca chama seu nome, meu coração bate em ritmos que te acalentam de longe. Meu olhar se perde no vazio de não te ter por perto. Minha vida não é mais a mesma sem você, pois me ensinaste a te querer mais e mais e não te ter fere meus sentidos. Me sinto fria sem seu abraço, oca sem seu beijo e cheiro que me preenchem. Quando estamos juntos, cada segundo é mágico, flutuo nos minutos e danço sobre as horas em tua presença, mas despenco quando não estás comigo. Perco o chão e a razão ao te ter distante, onde meus braços não podem te alcançar e nem minha voz pode se fazer ouvir. E essa distância que nos separa me consome e me desespera. Aqui onde nada mais tem sentido sem você, minha solidão me arrasta para o limbo de medos e inseguranças. Quero ter você aqui.
Toda vez que encaro meu reflexo, uma parte de mim não está lá e só essa parte é o que me importa nesse momento. Você.

Pauta para Bloínquês

23 sorrisos compartilhados:

{ Jaci Macedo } at: 25 de junho de 2010 21:02 disse...

Ah, que lindo ^^
Esse texto me lembra um casal de amigos meus... muito lindo mesmo. Aqui emana muito amor, gosto sempre de estar aqui.
beijos (:

{ Sarah Slowaska } at: 25 de junho de 2010 21:29 disse...

Ai...Love's in the air ! :) Lindo!
BEIJOS

{ Thizi } at: 25 de junho de 2010 22:29 disse...

Amar é algo muito complexo, parece que quando não podemos estar perto dele(a) vamos morrer de solidão e angustia

{ Nathalie } at: 25 de junho de 2010 22:48 disse...

Vc sabe mesmo usar as palavras certas e torná-las deliciosas de se ler! :)

[Me deu saudade dessa música do 3 Doors Down...]

{ Gabriela } at: 25 de junho de 2010 23:33 disse...

Ficou muito bonito mesmo! Gostei do modo como ele e ela falam da mesma coisa de um jeito diferente! Beijos

{ Tati } at: 26 de junho de 2010 00:09 disse...

Lindissimo Amigos...

E olha... Que Amor é esse hein? rsrsrs


Beijo Beijo

{ Karenzinha } at: 26 de junho de 2010 00:33 disse...

Uau... estou sem palavras..

Beijos grande!!!

{ Stella Rodrigues } at: 26 de junho de 2010 01:00 disse...

Nossa, acho que nem preciso comentar mais nada porque fica repetitivo até, mas você é o cara que escreve o ramance de uma forma que mesmo sendo um pouco não muito feliz da vontade da gente viver isso *-* perfeito :*

{ Karenzinha } at: 26 de junho de 2010 01:15 disse...

Ooooopsss.. agora que vi que vc já tem este selinho, mas de qualquer forma, estou lhe dando um também. Bjss

http://kadeniz.blogspot.com/2010/06/selinho.html

{ Amanda Lisbôa } at: 26 de junho de 2010 01:33 disse...

*ahhh o amor*

{ Francilene } at: 26 de junho de 2010 01:55 disse...

NOSSA!
que coisa linda é essa?... vou concordar, que amor é esse?

Lindo de ver, de se sentir, de até imaginar!

Belissimo texto!

Beijos!

{ Bruna } at: 26 de junho de 2010 06:37 disse...

E exite coisa mais complicada elinda do que o amor?
Belo texto
otimo FDS
beeijo

{ Rebeca Rocha } at: 26 de junho de 2010 10:00 disse...

Maravilhoso *-*'

{ Melodias de uma garota nada normal !!! } at: 26 de junho de 2010 11:50 disse...

lindo ameii ..
bjão
bom fds

{ Stella Rodrigues } at: 26 de junho de 2010 12:48 disse...

deixei um selo no meu blog pra vc

{ Rafa } at: 26 de junho de 2010 13:28 disse...

Aiii q máximooo...Eu qro um amor assim!!!!!!!
bjosssssssssssssss

{ Gabriela F. } at: 26 de junho de 2010 14:09 disse...

"á não sou mais singular, te quero. Quero viver no plural"
ser/viver plural é beeem melhor;)
beijos

{ tamara furlan } at: 26 de junho de 2010 15:40 disse...

distancia, amor saudade! Ah, o amor. belas palavras, diria que uma bela história, tambem.

Here without you - 3 Doors Down, essa musica realmente se encaixa, essa musica realmente me traz muitas lembranças!

{ Lury Sampaio } at: 26 de junho de 2010 17:09 disse...

aai é tão ruim está longe de quem se ama.
Muito lindo o texto, retrata muito bem essa agonia, esse quase desespero que a falta nos faz.
beijos.

{ Felipe } at: 26 de junho de 2010 18:43 disse...

O melhor do amor é estar junto e completar-se.
Não há nada melhor que isso. Sentir saudades de quem se ama é terrível.

{ Milla } at: 26 de junho de 2010 21:30 disse...

Muito bonito o texto. E ótima escolha de música *-*

beijos

{ Mandy } at: 27 de junho de 2010 00:28 disse...

*-----* Owwn que fofo Rod.
Adooorei, me senti nesse texto ai. Me fez lembrar de muitos momentos bons que eu vivi, e pra falar a verdade, que eu ainda quero viver. :)
Beijão
Mandy

{ Rafael } at: 8 de julho de 2010 23:04 disse...

Gostei de como vc conseguiu denotar aquilo q vc sentia..conseguiu expressar o estado atual dos personagens..só n achei feliz..ashuasuhsaha..
mas isso ai.. vc demonstrou ser capaz..parabéns
Rafael Duarte
abraço

 

Copyright © 2010 A arte de um sorriso