Keblinger

Keblinger

Apenas embarque

| sexta-feira, 18 de junho de 2010
"A vida é uma grande viagem com um destino incerto."
(Rodolpho Padovani)

A professora pediu para fazer uma redação sobre a vida. Não sou bom para essas coisas, mas tentei. Acabei e entreguei para ela, que gostou tanto que resolveu ler em voz alta para a sala:

Acho que a vida da gente é como uma viagem de trem, mas não uma viagem que a gente escolhe ir, nós somos colocados nela e sem opção tomamos nosso melhor assento e começamos a curtir a paisagem. Nesse trem nós vemos muitas pessoas entrarem e saírem, descendo em estações antecipadas ou saltando na estação certa com um monte de gente esperando por elas.
Nessa viagem, a gente não conhece destino e nem sabemos em qual estação vamos ficar e enquanto isso conhecemos muitos passageiros, alguns que apenas passam por nosso vagão e por descuido ou distração deixam cair algo e não retornam para buscar, alguns passageiros sentam ao nosso lado e prometem nos acompanhar até o final, mas acabam quebrando essa promessa, outros chegam em silêncio e aos poucos sua presença ganha tal importância que não sabemos como prosseguir sem eles e outros chegam e ficam até o fim, entre essas idas e vindas de passageiros, trocamos experiências, contamos sobre a nossa viagem e ouvimos sobre a deles. Dividimos bagagens pesadas e saboreamos bons momentos.
Essa viagem é cheia de trilhos sinuosos que não nos deixam ver além da curva seguinte, o que torna a viagem surpreendente. É triste quando algum passageiro de nosso vagão, com quem temos muita afinidade e carinho tem que deixar o trem e pegar um outro que leva para um caminho ainda mais desconhecido. Esse trem é cheio de mistério também e ao olharmos pela janela nos deparamos com diversos cenários, alguns encantadores e outros são um desolação que parece não terminar nunca, mas sempre acaba e uma bela paisagem aparece. O trem muitas vezes passa por túneis escuros tão longos que quase esquecemos como é a luz, mas quando estamos prestes a fazer isso, o sol brilha outra vez.
Às vezes temos a impressão que o trem está parado e outras vezes temos a impressão de que ele está voando por sobre os trilhos. Podemos encontrar amores, sabores, cores, cheiros, saudade, solidão, tristeza, alegria, paixão, diversão, sorrisos e muitas outras coisas que se escondem em lugares diferentes dentro do trem, se não achamos determinada coisa em um vagão ela pode estar em outro ou até mesmo naquele que deixamos e não encontramos porque não soubemos procurar direito. Nós é quem decidimos fazer essa viagem prazerosa, nós é quem decidimos em qual vagão ficar ou deixar. Nós temos o controle de nossa passagem, temos o tíquete furado guardado no bolso "passagem só de ida", esse trem não faz retornos, por isso devemos aproveitar o máximo a viagem, os passageiros, as sensações, antes que a viagem termine.
A vida é um trem. Suba a bordo e aproveite a viagem.


Pauta para Sílaba Tônica

29 sorrisos compartilhados:

{ Tati } at: 18 de junho de 2010 00:25 disse...

Eita Maravilha.

Texto Lindo!
Gostei muito.

Beijo Moço.

{ Jaqueline Jesus } at: 18 de junho de 2010 00:27 disse...

nossa!! que incrível comparação *-*
vc soube comparar e descrever direitinho as coisas.
A vida é msm um trem, estou aproveitando a minha viagem, não deixe de aproveitar a sua ;D

ps: mudei meu layout *-*
dps me diz o que achou,
beijos.

{ Flávia } at: 18 de junho de 2010 00:42 disse...

Lindo, Lindo e Lindo! =)

Amei a descrição de cada simples detalhe... A comparação realmente foi perfeita!
Nossa vida é isso aí mesmo. Uma viagem com uma única garantia: A ída!
Então, só nos resta curtir, aproveitar ao máximo tudo q ela pode nos proporcionar, pq um dia ela chega ao fim.
Como diz uma frase (q nem sei se existe. kkk) mas, lembrei agora: 'Não basta apenas existir, tem que VIVER!'

adoreeeeii bb!
beeijos ;)

{ maiara diniz. } at: 18 de junho de 2010 01:06 disse...

Concordo, a vida é mesmo um trem!
Não sabemos por onde iremos passar, quem conheceremos, que cheiros e sabores iremos sentir, mas não existem voltas nem retornos, precisamos encarar o que vier de cabeça erguida, sempre ;)
Beeeijos

{ Thais Cristina } at: 18 de junho de 2010 07:50 disse...

Nossa, eu me impressiono cada vez que venho aqui com o jeito como você "brinca" com as palavras. Você é um ótimo escritor, muitos já devem ter dito isso, porque é a mais pura verdade.

Eu amei o texto *-* e concordo com você, nós temos que saber aproveitar bem a viagem antes que tenhamos que deixar o trem.
muito bom (!)

Bjinhos ;*

{ Sarah Slowaska } at: 18 de junho de 2010 09:03 disse...

E fez muito bem em ler. Está lindíssima :)

{ Mandy } at: 18 de junho de 2010 11:41 disse...

Ownn *---* Comparação perfeita viu. Independente se fosse um carro, ou um onibus, ou até mesmo um avião, acho que seria mais ou menos da mesma forma. Adorei mesmo. E ó, já ganhou ta :D
Beijão
Mandy

{ Carla Rosenvelt } at: 18 de junho de 2010 12:05 disse...

Nossa, aí está uma verdade incontestável. Adorei a comparação que fizeste. Nunca tinha observado a vida por este lado. Quem será que vai me acompanhar até o fim da minha viagem? :P

Beijos juninos :*

{ Biazynhah } at: 18 de junho de 2010 12:06 disse...

Amei o texto.
Está perfeito, não é a toa que a professora resolveu ler em voz alta.

{ Luana Farias } at: 18 de junho de 2010 12:57 disse...

Lindo texto *-* é tão bonito o modo como você brinca com as palavras. Você disse que nao é bom nisso, imagina se fosse bom, meu Deus '-'

{ Filipe Costa } at: 18 de junho de 2010 13:17 disse...

Excelente texto.Parabeeeeeens!
Nota 10!
Um abraçoooooo!

{ Ellen Azevedo } at: 18 de junho de 2010 14:51 disse...

Muito criativo. Sua professora fez muito bem em ler em voz alta. Todos tem que ver o quanto você é talentoso.

Como sempre, adorei.

Beeijos coloridos ;)

{ Amanda Lisbôa } at: 18 de junho de 2010 23:10 disse...

Eh... e em um desses vagões eu encontrei você... depois dde certo tempo... e muitas paradas... ainda conheci a Jabuti... e assim... formamos nossa família!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Ameiii*
Nada como um bom texto pra alegrar o dia!
^^

bjs*

{ Sophia's Lu } at: 18 de junho de 2010 23:18 disse...

Ah, gostei tanto. Nossa vida, sempre cheia de surpresas mas sempre cheia de coisas que escolhemos viver.
Tem selo para você.
Beijo :*

{ Thiara Ribeiro } at: 19 de junho de 2010 00:54 disse...

alguns passageiros sentam ao nosso lado e prometem nos acompanhar até o final, mas acabam quebrando essa promessa...

[...]e outros chegam e ficam até o fim...

me encanta sempre!

;**

{ Letícia ♥' } at: 19 de junho de 2010 14:10 disse...

Liiindoo texto!!
adorei!
seus posts são ótimos!

beeijO
:D

{ Jaci Macedo } at: 19 de junho de 2010 17:04 disse...

Texto muito bom mesmo. Sempre me deixa maravilhada. Beijos.

{ Kêmulla Grohmann } at: 19 de junho de 2010 17:29 disse...

seu blog esta ficando cada vez mais apaixonante...
gostei muito do seu texto e concordo a cada palavra q disse
um grande beijo

{ Janetinha } at: 19 de junho de 2010 19:27 disse...

Encantador e maravilhoso o seu blog. Uma lição de vida!
É maravilhoso ver um jovem com tantas idéias grandiosas, transmitindo mensagens bonitas como a desse texto. Parabéns!
Voltarei sempre por aqui.

{ Tassyane } at: 19 de junho de 2010 19:52 disse...

É, a vida é bem assim mesmo e a tua redação está linda! Cheia de riquezas e verdades e a tua comparação ficou perfeita.
Adorei e um beijo grande!

{ Doce Nostalgia } at: 19 de junho de 2010 20:46 disse...

Engraçdo faz um tempinho que alguem me mostrou um texto baseado nisso que você escreveu sobre a vida parecer uma viajem de trem...
De cara gostei, foi algo tocante, forte!

E o teu texto passpu exatamente isso tambem, embora eu lembre bem pouco do outro que me mostraram, mais mesmo assim me fez lembrar é sentir exatamente a mesma coisa!

Adorei o titulo!

Beijos....Otimo Domingo!

{ Ariela } at: 19 de junho de 2010 21:08 disse...

Ah, como eu amo metáforas!
Tornam as coisas mais reais e fáceis de serem encaradas.

Gostei muito da ideia e da forma leve com que foi escrita.

{ Mali Melo } at: 19 de junho de 2010 21:10 disse...

Af, vou parar de comentar aqui, não encontro mais palavras.
OK, MENTIRA, NÃO TEM COMO NÃO COMENTAR.
PER-FEI-TO. Serião. *-*
beijo :*

{ Gabriela F. } at: 19 de junho de 2010 23:55 disse...

Imagine se não fosse bom, né Rodolpho? hahaha
adooorei, é isso aí mesmo. estamos em uma viagem que não sabemos aonde vai dar e nem quando acaba, por isso temos de cultivar bem tudo aquilo que nos é oferecido, nunca se sabe quem desce na próxima estação
beijos
MUITO bom

{ Sophia's Lu } at: 20 de junho de 2010 11:58 disse...

Ah Rodolpho. Toda hora volto aqui para ler seu texto. Para aprender um pouquinho mais. Acabamos por ler e apenas isso. Mas seu texto nos instiga e por em prática. De novo, parabéns viu!
Beijos.

{ Grafite } at: 20 de junho de 2010 12:41 disse...

sem palavras para descrever seu texto!
AMEI...muuuuito bom!

beiijo,
*.*

{ Vanessa Monique } at: 20 de junho de 2010 15:34 disse...

Isso é pq vc não é mt bom nessas coisas neh?! Deixe de ser modesto,vc tem talento de sobra...auhsuahhs!
E a gente vai seguindo no trem neh...em qual ponto será q iremos párar?
:*

{ Carla } at: 20 de junho de 2010 19:00 disse...

Muito lindo!
E realmente "a gente não conhece destino e nem sabemos em qual estação vamos ficar".

beijo

{ Gabriela Carvalho } at: 21 de junho de 2010 17:39 disse...

Ficou muito bom esse texto, e se pararmos para pensar, ele basicamente fala tudo sobre a vida. Parabens (:

 

Copyright © 2010 A arte de um sorriso