Keblinger

Keblinger

Onde está?

| quinta-feira, 6 de maio de 2010
Ó vida! Onde está teu apreço?

Ó paixão! Onde está tua calmaria?

Ó alegria! Onde está teu segredo?

Ó paz! Onde está teu canto?

Ó pureza! Onde está teu pecado?

Ó sonho! Onde está tua realidade?

Ó medo! Onde está tua bravura?

Ó silêncio! Onde está tua voz?

Ó solidão! Onde está teu veneno?

Ó ódio! Onde está teu propósito?

Ó saudade! Onde está teu fim?

Ó morte! Onde está tua distância?

42 sorrisos compartilhados:

{ Pαμℓα Aℓvєs } at: 6 de maio de 2010 00:24 disse...

Viver: processo constante de procura do contrario do que temos, enquanto nos deleciamos nesta estrada sem rumo...

[Meus pensamentos perdidos depois que li este texto]

Beijos

{ Tati } at: 6 de maio de 2010 02:06 disse...

Conseguiu.
Não gostei desse.
=/
Não me bateu, sei lá.

Grande beijo.

{ Patricia s2 } at: 6 de maio de 2010 08:40 disse...

Para tudo um questionamento, pudera eu ter as respostas, talvez minha vida tivesse mais sentido...
bejuxus!!!!

{ Sophia'sLu } at: 6 de maio de 2010 11:40 disse...

Nunca estamos satisfeitos não é? Somos dúvidas constantes. No entanto, nos perdemos tanto ao questioná-las sem perceber que a resposta está dentro de nós. Só nós mesmo temos a solução para nossas próprias dificuldades.
Muitoo bom Rodolpho.
Beijo.

{ Chris } at: 6 de maio de 2010 12:32 disse...

lindo esse poema

{ Estefani } at: 6 de maio de 2010 13:47 disse...

Lindo **
Adorei!!!
São tantas coisas que não há respostas né?

Beijo lindinho =*

{ Carla Rosenvelt } at: 6 de maio de 2010 14:41 disse...

Lembrei d'uma música:
Morte, onde está, oh morte... A tua vitória? Jesus ressuscitou!

UHAEUAHEAUEUAH Nada a ver, não é? Mas eu lembrei.
beijos.

{ anaa ' } at: 6 de maio de 2010 14:51 disse...

gooostei *-*

{ Manie } at: 6 de maio de 2010 15:31 disse...

ah, adorei!

obrigada por visitar meu blog quando pode :D

beijinho

{ Juliane Policarpo } at: 6 de maio de 2010 16:36 disse...

Tantas perguntas sem respostas...


questoes da vida.

Grande beijo.

{ Bruna } at: 6 de maio de 2010 17:05 disse...

Ah q bonitinhu *_*
Parabéns
Pelo blog
Bjoo

{ Mali Melo } at: 6 de maio de 2010 18:17 disse...

amei, amei. São essas as dúvidas humanas, enfim. Tudo o que todos querem saber, e pouca gente sabe. :) bjs bjs :*

ps: ameeeei o selinho, ok? mas, como eu disse lá no blog, vou indicar blogs pra ele depois haha, preguiça. D:

{ Sarah Slowaska } at: 6 de maio de 2010 19:08 disse...

Onde. Onde. Onde. Onde. Onde. Onde. Onde...
Acredite que tudo isso só pode estar num lugar: dentro de nós.

Um beijinho e obrigada pelas visitas! ;D

{ Filipe Costa } at: 6 de maio de 2010 19:34 disse...

Somos seres humanos sempre em busca de respostas...
Gostei.Um abraço!

{ S.C. Ellen } at: 6 de maio de 2010 19:59 disse...

O homem e sua jornada em busca de respostas.


Um beijo

{ Ana Agarriberri } at: 6 de maio de 2010 20:11 disse...

Own, que bom que gostou do Molhe-se, sempre bem vindo lá. Beeejo, :)

{ Marcos Aquino } at: 6 de maio de 2010 21:02 disse...

Adorei o poema, profundo,. Proporciona uma longa reflexão.

{ Metamorfoses } at: 6 de maio de 2010 21:05 disse...

Amei seu blog!ganhastes mais uma seguidora fiel...rsrsrs
bjs!

{ Thiara Ribeiro } at: 6 de maio de 2010 23:43 disse...

Ó saudade! Onde está teu fim?

tbm procuro a resposta de quase tdas essas perguntas!
gostei!!!

;*

{ Mandy } at: 6 de maio de 2010 23:55 disse...

Adorei esse seu poema. A vida é feita de contradições, de perguntas sem respostas. Ta muito legal mesmo viu. E agora eu to querendo saber a resposta da ultima =/
Beijos
Mandy

{ Giovanna Lundgren } at: 7 de maio de 2010 09:11 disse...

nossa adorei. o design do blogger ficou lindo. não tinha visto ainda que tinha mudado. e sobre o poema ta massa. gostei do jogo de sentimentos e outras palavrinhas fortes, com perguntas sobre onde estão e sesu pq's. ah é isso ai.beijos.

{ sarah } at: 7 de maio de 2010 09:21 disse...

eu as vezes quero saber onde estás muita coisa,
como eu quero! mas devemos sempre procurar, mesmo que não possamos achar.

beijos.

{ Amanda Lisbôa } at: 7 de maio de 2010 09:29 disse...

Ó saudade! Onde está teu fim?

onde estará??!!!!

{ Webert Gomes } at: 7 de maio de 2010 11:55 disse...

Poema criativo, cara. O design do blog também é mara! xD

{ Mikaelly Andrade... } at: 7 de maio de 2010 12:53 disse...

I'm Back!!!
Adorei o poema.
Quantas questões, será mesmo que devem ser resolvidas???
Eu prefiro que continuem sem respostas, essa é a vida...

{ adolescent subjects' } at: 7 de maio de 2010 14:04 disse...

adorei, *_________*
boa criativade, bem profundo :D
abraço

{ Jaci Macedo } at: 7 de maio de 2010 17:43 disse...

Pergunta sem respostas. Sem nos fazem quebrar a cabeça, assim vez em quando, na janela do ônibus. As adoro e as odeio ao mesmo tempo.

{ Gabriela F. } at: 7 de maio de 2010 18:06 disse...

Adoro paradoxo's !
òtimo post *-*
beijos

{ Nini C . } at: 7 de maio de 2010 22:05 disse...

muito lindo...
Ó saudade, onde está teu fim?
Bom seria se fim tivesse, rsrs
beijoss...

{ Naty Araújo } at: 7 de maio de 2010 22:27 disse...

Onde é que está, né?
Ó dúvida cruel.. ou melhor... dúvidas, né? rs

Eu escrevi um poema exatamente com esse título hahaha.
Caso queira dar uma olhada... aqui está o link
http://revelandosentimentos.blogspot.com/2008/05/onde-voc-est.html

O fiz há quase dois anos, se não me engano rs.

Beijos. O seu ta show!

{ Nathalie } at: 7 de maio de 2010 23:07 disse...

Se vc encontrar a resposta para estas perguntas, me avisa?

{ Doce Nostalgia } at: 8 de maio de 2010 02:13 disse...

Nossa seria bom ter umas dessas respostas pra variar! hahahaha

Eu gostei do poema, legal escrever assim!

MIL beijos! =*

{ Escritoras.com } at: 8 de maio de 2010 09:39 disse...

E cadê as respostas? =/. só vivendo cada dia para descobrir. amei a gradação. beijos

{ Grafite } at: 8 de maio de 2010 14:15 disse...

"Ó silêncio! Onde está tua voz?"

lindo post!
adorei :D
beiijo

{ Regina } at: 8 de maio de 2010 20:23 disse...

Milhares de respostas para cada uma dessas perguntas. Adorei o blog, te sigo.

{ Lara S. } at: 8 de maio de 2010 20:43 disse...

ótimo blog!
;*

{ Milla } at: 9 de maio de 2010 00:18 disse...

Tantas perguntas sem respostas...Mas parece que quanto mais nós procuramos mais distantes ficamos das respostas, quando paramos de procurar elas acabam por nos encontrar..

beijos

{ Amanda Vieira, } at: 9 de maio de 2010 01:02 disse...

A-D-O-R-E-I o seu poema :)

{ Gabri } at: 9 de maio de 2010 17:08 disse...

Talvez eu mudasse um pouco os questionamentos, mas é por aí mesmo. ;]


Beijinhos.

{ Mayana Carvalho } at: 9 de maio de 2010 21:34 disse...

Se tais elementos te responderem por favor avise.
adoorei o poema!

{ Victor } at: 10 de maio de 2010 15:25 disse...

Gostei Muitooo! principalmente "Ó morte! onde está tua distancia

ah obrigado pelo selo, custei responder pq dei uma sumida do blog! mas to de volta com novos posts! :)

{ ..::*::.. Palavra de Guria ..::*::.. } at: 11 de maio de 2010 13:44 disse...

Adorei, parabéns!
Beijos

 

Copyright © 2010 A arte de um sorriso